Review**At the end of daybreak

Filmes focando temas familiares e ou emocionais são comuns no cinema internacional, familias, amigos, juventude, amor, vingança, temas abordados desde muito suavemente como em bonitos filmes de Zhang Yimou, a filmes mais tensos que constroem uma atmosfera opressora no espectador como em Beleza Americana de Sam Mendes; este ultimo tem mais haver com a obra a seguir “At the end of daybreak” ou ao pé da letra “Ao fim da aurora”.

Um atmosfera bem criada é o trunfo do fim da aurora

Filme dirigido por YuHang Ho (RainDogs), estrelado por Kara Hui(A chinese tall story), Tien You Chui (The haunted school) e Meng Hui Ng dentre outros nomes. O elenco não surpreende tanto com excessão da veterana Kara Hui que surpreende muito com seu papel de Mãe nesse filme, papel esse que lhe rendeu bons prêmios em festivais.

Kara Hui interpreta uma sofrida mãe

At the end of daybreak narra a história de Tuck (Tien You Chui) que vive com sua mãe (Kara Hui), Tuck é um um jovem normal um tanto desligado que foi abandonado por seu pai e então passou a ajudar a mãe a seguir com um pequeno mercado que posssuem, são pessoas humildes que levam suas vidas á sua maneira, enquanto isso tempos Ying (Meng Hui Ng), uma estudante do colegial que esta amorasamente envolvida com Tuck, os dois se encontram todos os dias e vivem um romance, mas ao que parece Tuck não gosta tanto da moça assim; a história do filme se desenrola com essa simples base da rotina destes personagens mas se desenvolve para um enredo envolvente onde decisões erradas, dinheiro, exploração e uma terrivel decisão ira mudar as vidas dos protagonistas, não se pode citar o que exatamente para não estragar as surpresas mas muitas coisas ruins irão esperar nossos protagonistas.

Ying roubando umas roupas

Para quem assistiu Beleza Americana espere um clima pesado como naquele filme, só que sem momentos surreais com devaneios de personagens, mas sim uma realidade “obscura”, de tal maneira que a ideia que o filme passa é de que a vida não é nada colorida; para quem gosta de filmes com muita tensão e um bom acompanhamento nas caracteristicas dos personagens, esse é o filme perfeito. A história não é nada original, fala de temas batidos com romances que dão errado, decisões e suas reações, relacionamentos familiares e sociais, porém o diretor consegue guiar tudo muito bem apesar da previsibilidade de diversas situações.

Um filme forte com uma formula que funciona muito bem com muitos espectadores mas pode afastar vários outros, os pontos negativos são algumas cenas que prevemos suas conclusões por serem de temas realmente muito batidos, algumas coisas um tanto mal explicadas, Tuck possui dois amigos que são peças que destoam do resto do filme, e o enredo não da nenhuma explicação para a relação de amizade entre Tuck e eles, porém em uma das cenas a amizade ultrapassa limites inclusive ao seguir erros cometido pelos amigos; isso se torna muito vazio pois nenhum vinculo é criado com o espectador em relação a estes personagens e assim estranhamos certas situações proximas ao final do filme.

O filme possui um final complexo, para aqueles que gostam dos finais de Wong Kar Wai é um prato cheio, não há como compreender por completo o desfecho da história, mas aqui fica claro uma possivel escolha do diretor, diferente do citado Wong Kar Wai o diretor desse filme não quer deixar um final subentendido mas sim não mostrar certas conclusões o que pode deixar muita gente frustrada.

Em termos de qualidade técnica não é nenhum blockbuster, não possui um grande orçamento, não impressiona em nada, acho que o maior trunfo técnico do diretor é conseguir criar um ambiente urbano claustrofobico como se a cidade se fechasse em torno dos protagonistas e nos colocássemos em seus lugares, ajudado pela fotografia escura YuHang Ho agarra o espectador pelo charme que o filme apresenta apenas pela atmosfera. Outra coisa que favorece muito o filme é a escolha do diretor de não se utilizar de trilha sonora, todas as cenas são filmadas de maneira fria com apenas ruidos do ambiente e dialogos, dando um clima de realismo porém sempre se sente que algo esta faltando no fim das contas.

Ying e Tuck um casal que tem realmente tudo para dar errado?

Por fim At the end of daybreak é um ótimo filme, com um enredo com temas batidos mas que continuam tabu em todas as sociedades, explora muito a qualidade dos atores, uma ambientalização tensa e obscura; mas em contrapartida não inova em nada, tem aspectos que podem desagradar alguns espectadores como o desfecho da história, possui uma previsibilidade ao inicio de uma cena que facilmente o espectador sabe no que vai dar o seu desfecho, nada é realmente uma surpresa no filme, sabemos o que pode acontecer e sabemos como vai acontecer, mas ainda assim é prazeroso acompanhar.

Um filme que se pode dizer “ame ou odeie”.

Nota 7.0

Especialmente para esse filme vou deixar um bônus que é seu trailer muito bem editado, empolgante:

Anúncios